• KEA Clinic

Nova especialidade na KEA: Médico de Família e Geriatra.


Nosso país está deixando de se tornar um país jovem e está envelhecendo, nossa população têm aumentado a expectativa de vida, que hoje é de 76,3 anos segundo os dados do IBGE. Envelhecer é inevitável, mas parece que muitas pessoas não querem que isso aconteça, não é mesmo? Mas o segredo é envelhecer com saúde, qualidade de vida, cuidando do seu corpo. Aquela ideia de que a terceira idade é quando já estamos sem ânimo, com problemas de saúde e a beleza já não importa mais, é ultrapassada. Vai dizer que você nunca viu uma pessoa de 60 anos e disse que ela está melhor do que uma de 30 anos? O segredo é se cuidar, e com antecedência, ainda quando é jovem. Segundo um estudo realizado pela Universidade de Harvard, nos EUA, é possível acrescentar mais de 10 anos à vida a partir de certos comportamentos Pensando nisso, agora a KEA tem um novo integrante do corpo clínico: o Dr. Carlos Filipe Trindade, Médico de Família e Geriatra, que irá facilitar o acompanhamento da saúde, cuidando de todos com confiança e permitirá aos pacientes um envelhecimento saudável. Você sabe o que é um Médico de Família? É um médico em que o nome já diz, pode cuidar de toda a família, sem restrição de idade, sexo... Ele acompanha o paciente por toda a vida. Podemos dizer que é especialista em “gente”, sendo aquele médico de confiança. Ele pode tratar cerca de 80% dos problemas de saúde sem necessidade de encaminhar para outras especialidades médicas.

E a Especialidade de Geriatria, você sabe o que é e quando procurar? Geriatria é a Especialidade Médica que cuida dos idosos, porém, como o intuito é promover um envelhecimento saudável, na verdade, as pessoas não devem esperar entrar na terceira idade para procurar esse médico, e sim por volta dos 40 anos de idade, pois assim será possível entender as mudanças que o corpo sofre com a idade, prevenir e tratar doenças, buscar mais qualidade de vida e bem-estar com o corpo.





Fizemos uma breve entrevista com o Dr. Carlos Filipe Trindade (CRM 157.459), novo médico na KEA, para você conhecê-lo melhor.

- Qual a sua especialidade? Sou Médico de Família titulado pela Sociedade Brasileira de Medicina de Família e Comunidade, e com Pós-Graduação em Geriatria.

- Qual a sua maior paixão na medicina? A minha maior paixão na medicina é a compaixão. Procuro sempre me colocar no lugar daquele que se encontra fragilizado pelo problema de saúde, mantendo-me sempre atualizado e com um espírito investigativo. Acredito que a arte médica deve ser exercida com doação, empatia, ética e respeito. E quando não for possível o tratamento, busco o alívio de quem se encontra no processo de enfermidade incluindo seus familiares.

- Como será fazer parte da KEA? Acredito que fazer parte do corpo clínico da KEA será um prazer e uma conquista. Terei a oportunidade de trabalhar com profissionais referenciados e uma estrutura que me permita exercer a arte médica com os valores que acredito, buscando sempre a excelência no tratamento.

- Como funcionam suas consultas? A minha consulta sendo presencial ou visita domiciliar consiste em deixar o paciente à vontade para construirmos um grande vínculo paciente-profissional. Procuro realizar uma entrevista minuciosa, atento a linguagem falada e a corporal com objetivo de compreender de forma individualizada as reais necessidades. E por fim elaborarmos juntos uma estratégia de tratamento preferencialmente multidisciplinar proporcionando um envelhecimento saudável aos nossos pacientes.

- O que é um envelhecimento saudável para você? O envelhecimento saudável é fruto de ações preventivas e intervencionistas para alcançar uma longevidade com independência e autonomia. Para uma melhor compreensão do tema é preciso entender que a autonomia é a capacidade de tomar suas próprias decisões e a independência é a capacidade de se manter ativo em suas atividades de vida diária. Conforme um estudo publicado pela universidade imperial College London em abril/2017, a Coreia do Sul apresenta expectativa próxima ao do Brasil por volta dos 80 anos, as vezes até mesmo ultrapassando esta marca. Lá, eles mantêm sua independência e autonomia até cerca de 3 ou 4 anos antes do final da vida. No Brasil, no entanto a realidade é outra, mesmo vivendo aos 80 anos, a doença faz com que os idosos apresentem uma média de 11 anos de dependência e/ou incapacidade autônoma antes da sua morte.


- Para você, quais são as TOPS dicas de cuidado com a saúde e o corpo na terceira idade? Primeiramente para iniciarmos a elencar as tops dicas de cuidado com a saúde e o corpo na terceira idade é necessário entender que nós não somos reféns da nossa genética e que devemos iniciar a promoção a saúde o quanto antes. Os hábitos saudáveis de vida como cuidar da alimentação, dormir bem, praticar atividade física, gerenciar estresses, descansar, se alimentar bem, manter os músculos fortes e evitar o envelhecimento cognitivo já são conhecidos por todos. A grande questão que se é como adquirir tais hábitos e como ter uma atitude intervencionista para a promoção de saúde. Minha primeira dica é dar o primeiro passo em busca de um profissional capacitado que lhe auxilie no cuidado e prevenção. A segunda dica é se permita dar atenção a si próprio. A terceira e última dica que destaco é não deixar que as atividades profissionais e rotina diária lhe impossibilite o cuidado da saúde.


Agora que você conheceu um pouco mais do Dr. Carlos Filipe Trindade, você já sabe que com seu acompanhamento, os pacientes além de cuidarem da saúde, saberão como ter um envelhecimento saudável.

Aqui na KEA, com um tratamento multidisciplinar buscamos fazer o melhor para a sua saúde, corpo e qualidade de vida. Cuide-se por completo aqui.

Quer saber mais? Fale conosco. (11) 3062-5816 (11) 93332- 0808 (whatsapp)


17 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

EMSCULPT: PROTOCOLO EXCLUSIVO COM SUPLEMENTAÇÃO

Você já pensou chegar neste verão com um corpo mais musculoso e definido? Se para você essa ideia parece difícil de acontecer, ou se você já fez de tudo e não teve sucesso, a gente tem a solução perfe