• KEA Clinic

Melasma: O que é? Como Tratar?

Atualizado: 25 de Jul de 2019


O melasma é uma condição que assola muitas mulheres. As temidas manchas escuras na pele afetam a autoestima e exigem um plano de tratamento contínuo. Ainda mais agora, no retorno do verão, é comum observar uma piora da condição. Nós, da KEA Clinic, produzimos esse artigo para te ajudar a entender mais sobre o melasma e saber quais são as melhores opções de tratamento, confira:


O melasma é, e sempre será, um grande desafio na dermatologia. Hoje já sabemos que esta condição afeta tanto homens como mulheres. Apesar de ser mais comum em mulheres de idade fértil, se não tratado pode acompanhar a paciente por toda uma vida, mesmo na menopausa.


São múltiplos os fatores implicados na piora do melasma, incluindo exposição à radiação ultravioleta e luz azul, o simples calor e até vasodilatação causada por sauna e exercícios físicos.


Ser mulher em idade reprodutiva é um fator de risco importante para o aparecimento de melasma devido às alterações hormonais que podem ocorrer nesta fase da vida.


Durante a gravidez, ocorrem alterações hormonais que estimulam a atividade dos melanócitos e esse tipo de alteração pode ocorrer também nas disfunções da tireoide. O uso de anticoncepcionais orais também pode levar ao aparecimento de melasma devido à grande carga hormonal desses medicamentos.


Hoje o tratamento do melasma é composto por um tripé que consiste em: 1- medidas de fotoproteção oral, 2 - medidas de fotoproteção tópicas e 3 - tratamentos em consultório.


Dentre as medidas de fotoproteção oral destacamos o uso de compostos nutracêuticos com capacidade antioxidante e fotoprotetora como o pycnogenol, polypodium leucotomos e luteína, entre outros.


Em relação aos filtros solares, filtros físicos e/ou químicos com pigmento que cubram totalmente a mancha são os mais indicados. A indústria cosmética tem ciência dessa demanda crescente, lançando filtros específicos para melasma que contém ingredientes clareadores.


Em relação aos tratamentos, existem várias opções, dentre eles, peelings superficiais e lasers fracionados com drug delivery de substâncias clareadoras. É necessário avaliar individualmente cada paciente, tipo de melasma e fototipo para traçar um plano de tratamento eficiente. Não há uma receita de bolo que funcione para todos os casos.


A alimentação pode auxiliar no tratamento e prevenção do melasma. Nutrientes encontrados na dieta, como carotenoides, tocoferóis, ácido ascórbico, flavonoides, selênio, polifenóis

e ômega 3 ajudam na proteção contra a radiação UV e agem contra os radicais livres.


Alguns fitoterápicos e suplementos também podem trazer resultados positivos para o tratamento. Estudos mostram que o extrato de semente de uva, rico em proantocianidinas, administrado por 6 meses em mulheres japonesas com melasma, trouxe significativa redução da hiperpigmentação e que a ingestão por 5 meses antes da temporada de verão pode prevenir o agravamento do melasma. Em outro estudo, o ácido elágico do extrato de romã também apresentou efeito inibidor sobre uma pigmentação leve da pele humana causada pela irradiação UV.


Reorganizar a rotina alimentar é essencial para ter todos os nutrientes necessários, respeitando as preferências alimentares e com alternativas para que a alimentação seja prazerosa e dentro das possibilidades de cada pessoa. Sempre priorizando os alimentos com potencial de fotoproteção, antioxidante, anti-inflamatório e com poder clareador.


Frutas como acerola, caju, goiaba vermelha e romã. Vegetais como brócolis, couve, couve-flor, tomate cozido, abóbora e cenoura. Oleaginosas como nozes e castanha do Pará e bebidas como chá verde, suco de tomate e suco de uva integral. A prescrição de fitoterápicos e suplementos alimentares poderá contribuir para a complementação da dieta e tratamento do melasma, destacando-se os nutrientes antioxidantes como vitamina C e E.


Aqui, na KEA Clinic, contamos com uma equipe multidisciplinar qualificada, que avalia cada caso individualmente para garantir os melhores resultados.


Nossa dermatologista, Dra. Camila Vasconcelos tem Título de Especialista em Dermatologia pela Sociedade Brasileira de Dermatologia e fez fellowship na Carolina do Sul, com bolsa cedida pela American Academy of Dermatology (AAD).


Entre em contato com a KEA Clinic pelo telefone (11) 4750-1854 (11) 93320-0808 (whatsapp).


65 visualizações

ENTRE EM CONTATO

  • White YouTube Icon
  • White Instagram Icon
  • White Facebook Icon

ENDEREÇO

Rua Cristiano Viana, 401 - 5° andar

Jardins

São Paulo, SP

05411-000

TELEFONES

Entre em contato por aqui: